..::Ministério da Reconciliação::..

Text size
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
Home Estudos Bíblicos Mensagens Vamos viver a vida!

Vamos viver a vida!

E-mail Imprimir PDF
Vamos viver a vida, porque ela é curta e temos que aproveitar!” Quantas vezes já escutamos esta frase por muitas pessoas querendo justificar sua vida hedonista.

Se por um lado vemos cristãos vivendo uma vida radicalmente para Jesus, de outro lado vemos pessoas totalmente descompromissadas com a Palavra de Deus. Estes dois extremos não são bons.

Como deveria ser nossa vida? Será que não podemos “aproveitar” os prazeres deste mundo? Será que tudo que é prazeroso é pecado, e se algo nos fornecer prazer deveríamos nos afastar?

Prazer é sentir uma sensação de bem-estar. Uma pessoa pode ter prazer sem se mostrar alegre, e vice-versa. Mas, socialmente, as pessoas costumam demonstrar alegria ao sentir prazer, o que pode causar danos para as outras pessoas, dependendo do contexto. O prazer pode ser atingido através de várias maneiras, tais como: praticando exercícios, comendo, sexualmente, escutando música, uso de drogas, escrevendo, realizando algo que, particularmente, cause prazer a um indivíduo, reconhecendo outrem, servindo a outro ou a um determinado ser superior (Deus, por exemplo, pelos cristãos) ou qualquer outra atividade imaginável.

Muitos pastores, pregadores e ministros imaginam que o “sentir prazer” está ligado somente a parte sexual do indivíduo, limitando assim o prazer como pecado, ou até mesmo definem o prazer como ausência de atividades religiosas, dizendo que “nosso descanso não é aqui!” Imagino eu que estes irmãos não dormem...

A Bíblia nunca diz para não desfrutarmos do lazer, do descanso, ou de alguns prazeres desta terra, obviamente os que não são contrários aos seus princípios . Tanto que o próprio Deus ao fazer todas as coisas, instituiu um dia de descanso, não por estar cansado, mas para que o homem pudesse descansar e desfrutar da presença d'Ele de maneira plena. Já o lazer, toda família deveria ter, porém muitos pastores esquecem disso, colocando um jugo sobre sua família através do excesso de trabalhos eclesiásticos. Principalmente na vida dos filhos, que crescem e não conseguem se firmar na igreja, justamente por este mal testemunho de muitos pastores e ministros, que não dão valor a família, pecando contra a palavra de Deus.

Como sempre friso, temos que ser moderados em nossa vida, para não desfalecermos em nossa caminhada, e para não viver uma vida “à La Vonte”, não nos preocupando com nada. Este modo de vida - de qualquer maneira - tem levado muitos a caminhos tortuosos, e pior que isso: muitos cristãos estão usando a própria palavra de Deus para justificar seus erros.

Tenho ouvido falarem de uma “graça comum’’ concedidas a todos os serem vivos e que nos possibilita a ouvir músicas de pessoas que não nasceram de novo, sem vida espiritual. Não seria isso somente um modo de sentir prazer com estas músicas para satisfazer meus desejos carnais? Nada me impede de ouvir todos os tipos de música, e ouvindo não me conduzirá ao inferno, porém em nada me trará crescimento espiritual. Quando muito trará somente algum crescimento intelectual, mas prefiro seguir os prazeres que a Bíblia direciona:

Salmo 1: 2 “Antes tem o seu prazer na lei do SENHOR, e na sua lei medita de dia e de noite.”

Contemplando este salmo, vemos que a meditação da palavra de Deus tem que ser o nosso prazer de dia e de noite. Temos que desfrutar durante todo o nosso dia das delícias das escrituras sagradas! Tem ela sido seu prazer?

“Porque, segundo o homem interior, tenho prazer na lei de Deus’’ Romanos 7:22

“Tenho desejado a tua salvação, ó SENHOR; a tua lei é todo o meu prazer.” Salmos 119:174

Salmos 40:8 “Deleito-me em fazer a tua vontade, ó Deus meu; sim, a tua lei está dentro do meu coração. “

Deleitar-se é sentir prazer, e nosso prazer tem que estar em fazer a vontade de Deus. Temos que viver em função disto. Podemos viver nossa vidas segundo nosso próprio ponto de vista ou escolher viver segunda a vontade de Deus. Não há meio termo.

“Já estou crucificado com Cristo; e vivo, não mais eu, mas Cristo vive em mim; e a vida que agora vivo na carne, vivo-a na fé do Filho de Deus, o qual me amou, e se entregou a si mesmo por mim.” Gálatas 2:20

2 Coríntios 12:10 “Por isso sinto prazer nas fraquezas, nas injúrias, nas necessidades, nas perseguições, nas angústias por amor de Cristo. Porque quando estou fraco então sou forte.”

Acho que esta é a forma mais díficil de sentir prazer segunda as Escrituras. É muito bom sentir prazer em coisas que nos agradam, mas sentir prazer nas fraquezas e injúrias? Não é o que temos visto. Principalmente nos dias atuais, com este evangelho triunfalista e de prosperidade que tem sido proclamado em nossos púlpitos. É muito difícil sim - sentir prazer nas fraquezas e injúrias - mas esta é a Palavra de Deus para nós.

Temos que viver uma vida de intensa comunhão com Deus, ao ponto de termos a certeza de que em todos os nossos caminhos o nosso Deus está movendo Sua mão em nosso favor! Mesmos que as circunstâncias digam totalmente ao contrário, o Eterno visa nosso crescimento espiritual, e muitas vezes não visa o que nos dará um prazer carnal momentâneo.

“Deixa a vida me levar”, já disse o cantor ímpio. Mas nós não podemos deixar a vida nos levar, temos que ser conduzidos unicamente pelo Espírito Santo e pela Palavra de Deus. Não “deixe a vida te levar”, não deixe a sua vontade te levar, não deixe os seus desejos te levar. Tudo isso pode te conduzir a um prazer aqui nesta terra, mas poderá também te levar ao sofrimento eterno. Vamos sim viver a vida! Mas viver a vida de Cristo aqui na terra!

Um abraço!

Pb. Anderson

 

 

licoesbiblicasnovas1