..::Ministério da Reconciliação::..

Text size
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
Home Estudos Bíblicos

Estudos Bíblicos

O PAPEL DO ESPÍRITO SANTO NA ESCATOLOGIA

O PAPEL DO ESPÍRITO SANTO NA ESCATOLOGIA

Assim se pronuncia o Credo Niceno com respeito às Pessoas da Trindade:

 

3. Mas a fé universal é esta, que adoremos um único Deus em Trindade, e a Trindade em unidade. 4. Não confundindo as pessoas, nem dividindo a substância.

 

            Portanto, Pai, Filho e Espírito Santo estão presentes em todo o processo escatológico, e ainda que na economia divina os papéis tenham sua importância, é impossível isolar as ações divinas que são sempre compartilhadas pelas três Pessoas. O Espírito Santo também tem seu papel ativo no processo escatológico.

            Um primeiro papel que temos de reconhecer é o papel revelador. O estado futuro só pode ser conhecido em sua inteireza por meio de revelação. Os futurólogos que analisam tendências fazem previsões acertadas dentro de limites muito estreitos. O alcance de seus diagnósticos é restrito aos meios com os quais lidam e se referem a um futuro próximo. Atuam no âmbito do previsível, do natural, à partir dos dados que possuem. Não têm pretensão de profetas, apenas de analistas.

            A escatologia tem seu escopo em um nível muito mais amplo, infinito mesmo. A Bíblia revela o futuro da história como um todo, o futuro da humanidade, o futuro do universo em uma perspectiva eterna. Por esse motivo, só podemos saber o futuro por meio da revelação divina e por nenhum outro meio. A volta de Jesus, o aniquilamento do mal, a ressurreição, a beatitude e a condenação eternas são acontecimentos que só podem ser revelados, não podem de forma alguma ser deduzidos. Não há como encontrar no passado ou no presente alguma coisa que nos leve por si só a concluir esses eventos.

            Por esse motivo foi necessário a revelação do Espírito Santo para que essas informações chegassem até nós. Ele é o revelador do futuro, o meio pelo qual o conhecimento dos eventos escatológicos se fez conhecido para nós.

            Em seu discurso aos discípulos no Evangelho de João, Jesus disse que esse seria um dos papéis do Paracleto. Ele revelaria o futuro.

 

Mas, quando vier aquele Espírito da verdade, ele vos guiará em toda a verdade,porque não falará de si mesmo, mas dirá tudo o que tiver ouvidoe vos anunciará o que há de vir. (João 16.13)

 

            Sabemos que o papel revelador do Paracleto não se restringiu ao conteúdo neotestamentário. Ele também é responsável por todo o conteúdo anterior e dentro desse conteúdo temos inúmeros elementos escatológicos. Com o Novo Testamento a revelação se consolida, se esclarece e se amplia. Novos aspectos da condição futura são trazidos à luz tornando completa a revelação.

            Esse conteúdo escatológico não está presente apenas no livro do Apocalipse como muitos pensam. Na verdade está no texto todo: evangelhos, epístolas, apocalipse. Não é um elemento escasso e limitado, mas permeia toda a mensagem revelada.

            Por fim, essa revelação dada pelo Paracleto com respeito às coisas futuras tem nas profecias cumpridas sua garantia. Inúmeras previsões à respeito das nações, de Israel e do Messias foram cabalmente realizadas. Essa é a justificação para confiarmos em tudo o mais que foi revelado. As primeiras coisas se cumpriram, significando que podemos confiar no que virá.

 

 

Pr. Eguinaldo Hélio de Souza

Escritor, apologeta e mestre em teologia

(www.devocionaiseesbocos.wordpress.com) 

 

 

 

 

 

O PAPEL DO ESPÍRITO SANTO NA ESCATOLOGIA - 2

O PAPEL DO ESPÍRITO SANTO NA ESCATOLOGIA - 2

O penhor do Espírito

 

            Há ainda um segundo modo como a ação presente do Espírito Santo se relaciona ...

PASSADO E FUTURO

PASSADO E FUTURO

 

  Contemplar o futuro que se delineia na perspectiva bíblica é de certo modo olhar para o passado. Para ser ainda mais exato, caminhar em direção  ao ...

DESAJUSTES

DESAJUSTES

 

Sem perceber, todo ser humano espera que o futuro corrija o presente. Isso se chama esperança. E, no entanto, essa esperança transmite a mensagem de que as coisas e...

ESCATOLOGIA E REDENÇÃO

ESCATOLOGIA E REDENÇÃO

 

A encarnação, morte e ressurreição de Cristo, entre outras coisas, nos trouxe o futuro. Não apenas o futuro, mas o futuro redimido de todos os seus desajustes. A re...

GOVERNOS HUMANOS E PRINCIPADOS

GOVERNOS  HUMANOS E PRINCIPADOS

 

Jesus Cristo é o Senhor. Ele ressuscitou dentre os mortos  e está  assentado acima de todo principado e postestade, domínio e poder, e acima de qualquer n...

IGREJA PEREGRINA

IGREJA  PEREGRINA

 Talvez um ponto não muito explorado na escatologia e que precisa ser mais explicitado seja o seu caráter peregrino. Marx e Nietzsche, embora não tenham sido os prim...

MIGALHAS

MIGALHAS

 Há pessoas que tem escolhido viver apenas de migalhas da bondade divina. Ao invés de aceitarem tudo o que Deus tem para elas, geralmente vão à igreja ou buscam ao S...

REGENDO AS NAÇÕES I

REGENDO AS NAÇÕES I

  Este mundo anseia por um governo perfeito. Nem mesmo a democracia satisfez essa necessidade. A queda levou sua imperfeição até, ou principalmente, para o âmbito pol...

Página 3 de 53

estudosbiblicos5