..::Ministério da Reconciliação::..

Text size
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
Home Família Casamento

Casamento

As quatro estações do casamento: Verão 1ª Parte.

O verão inicia-se no dia 21 de Dezembro, é neste período em que tiramos férias, enchemos o litoral, hotéis e fazendas. Os dias são quentes, brilhantes e cheios de cores. Para amenizar um pouco o calor do verão também é um tempo chuvoso, mas nada que atrapalhe as férias nem a delicia do tempo quente.

 

Visite: Gospel, Noticias Gospel, Videos Gospel,Para a meninada é o período sem aulas, onde as casas das vovós ficam cheias de alegria e vida, muita comida gostosa, milho verde, em alguns lugares jabuticabas e outras delicias brasileiras. Dentro do casamento o verão quando chega trás também sua alegria. Com a chegada do Natal e o Ano novo, então tem festas em família, presentes, em várias casas é o período em que se podem adquirir bens por dos extras. Como em alguns estados tem o “horário de verão” onde o relógio é adiantado uma hora, podemos ter uma noite clara por maior tempo. Então é um período em que os casais podem aproveitar para sair, curtir um ao outro. Curtir o que foi conquistado durante todo ano que se passou.

O casamento quando está no verão ele é marcado por emoções alegres, realizações, conquistas a dois. É a sintonia perfeita entre o casal. Para muitos casais o inicio do ano não é fácil, o dinheiro que não deu gastos um pouco maiores que em tempos normais. Mas quando a tribulação passa vem o verão, trazendo sol sobre os problemas, a vista se abre, conseguimos enxergar a solução com mais clareza, o diálogo dura mais tempo, pois o sol demora a se por. Para se ter um verão descansado é preciso que durante todo ano anterior haja planejamento e plantio, afinal não há colheita de senão houver sementes plantadas.

Ignorar falhas. Essa é uma frase chave para manter um casamento duradouro e feliz em pleno verão. Não adianta ficarmos fitando nossos olhos e emoções em defeitos, precisamos ignorá-los muitas vezes e partir para a vida com tudo. Sermos felizes aproveitando o sol e quando a chuva chegar lavar a alma e deixar ir com a enxurrada as mazelas e dores dos dias anteriores. Deixar o sol entrar em nossas lembranças acabando com o mofo, cheiro ruim, trazendo nova vida e esperança. Um por do sol lindo entrar pela fresta de nossas mentes.

Deixar passar as falhas é como contemplar uma roseira de verão. Elas estão lindas, cheirosas, você deseja colher umas e coloca-las em um jarro para enfeitar sua casa, porém você terá que enfrentar os espinhos. Se você fixar seu olhar nos espinhos não dará conta de colhê-las, mas se fixar os olhos no desejo das flores os espinhos não serão sua barreira. Veja o melhor do outro e deixe o pior de lado, aprenda a viver com os defeitos e qualidades, são partes totais de um ser humano.  Fácil? Nunca será, mas possível sim. Depende do nosso desejo de vencer cada barreira. Nosso desejo de estarmos juntos mesmo passando por períodos nublados e sem sol.

O verão tem sua parte negativa também. Como o sol é muito quente se não tomarmos cuidado seremos queimados e perderemos por dias a praia ou o dia alegre. Ficaremos por conta de pomadas e remédios para dor. Assim também é o casamento no verão. Se não estivermos atentos falaremos o que não precisa acabaremos com a festa e os dias se tornarão nublado ao invés de curtir o calor. Então antes que chegue o verão precisamos pedir que Deus em Cristo Jesus que vá nos moldando e nos mostrando o que precisa ser restaurado e mudado, para que quando o verão chegar possamos nos alegrar e dizer: chegou o nosso dia de alegria vamos celebrar.

Eclesiastes tem um tema muito interessante que encaixa bem no casamento e diz: “Tudo tem a seu tempo próprio, e há tempo para todo propósito debaixo do céu. Há tempo de nascer, e tempo de morrer; tempo de plantar, e tempo de arrancar o que se plantou[...] tempo de amar, e tempo de odiar; tempo de guerra, e tempo de paz. tempo de chorar, e tempo de rir; tempo de prantear, e tempo de dançar; [...]” (Eclesiastes 3: 1-8)

No próximo texto veremos O OUTONO.

 

Quem casa quer casa

“Antes de casar, arranja casa para morar.”

Leia mais...

Perspectivas de um casamento.

“A ansiedade no coração do homem o abate; mas uma boa palavra o alegra.” (Provérbios 12:25)

Leia mais...

A IMPORTÂNCIA DA SEXUALIDADE NO CASAMENTO

Quando Deus fez o primeiro casal, incluiu em sua estrutura emocional e física, os órgãos e o instinto sexual. E o fez com propósitos muito elevados, como tudo que o Cr...

Leia mais...

União e Unidade no Casamento

Desenvolvendo UNIdade no Casamento

Ef 5:21; Fp 2:2. Para intimidade espiritual, verdadeiras felicidade e união (de espíritos + almas + corpos!), cada cônjuge tem que ter se p...

Leia mais...
Página 6 de 12

estudosbiblicos5