..::Ministério da Reconciliação::..

Text size
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
Home Palavra do Pastor Palavra do Pastor Capacidade de Influenciar

Capacidade de Influenciar

E-mail Imprimir PDF

aparicio-novo


Até quando sereis negligentes?

Josué 18:3



 

 

Não é muito comum eu falar ou escrever sobre temas que não estejam ligados a doutrina sistemática, porém aproveito esta oportunidade para abordar o tema Liderança. Não importa onde estejamos, nem quantos somos. Fato é que, onde houver dois, um deverá liderar. Onde houver um grupo, ali haverá necessidade de liderança. O líder invariavelmente vai existir e será dele a responsabilidade de guiar, orientar, representar e sustentar seus liderados. Essas prerrogativas, porém, somente terão efeito se sua liderança influenciar as pessoas. Dicionários afirmam que “influenciar é exercer ação psicológica, domínio ou ascendência sobre alguém ou alguma coisa suscitando-lhe modificações físicas ou intelectuais”. Influência é o poder de interferência de uma pessoa ou coisa sobre outra. Liderança é a habilidade de levar pessoas a fazer de boa vontade o que você quer, por causa da sua influência pessoal. Observamos diferentes fórmulas que se apresentam como eficazes no exercício da liderança. Porém, “a verdadeira medida da liderança é a influência, nada mais, nada menos”. Tal influência se alicerça na autoridade conferida perante os liderados, no conhecimento que o líder tem de si mesmo e de seus liderados, na capacidade de motivá-los a trabalhar juntos em harmonia para alcançar um objetivo comum, caminhando na mesma direção, apesar das diferenças sociais, culturais e espirituais. Essas marcas evidenciam o caráter do verdadeiro líder e seu poder de influenciar as pessoas. Nossa influência pode ser positiva ou negativa. A escolha determina nossa visão de vida, nosso relacionamento com pessoas e, muitas vezes, é a única diferença entre o sucesso e o fracasso. O texto em destaque mostra que Josué usou de sua autoridade para cobrar os filhos de Israel, mas, fez uso de uma abordagem de influência positiva mostrando a seus liderados que a terra a ser conquistada já lhes fora dada por Deus, logo, não havia o que temer. Reflita sobre isso. Quantas promessas de Deus são simplesmente esquecidas por nós diante das primeiras dificuldades? Haja como Josué, creia que todas as promessas de Deus são cumpridas, logo não há razão para você desistir diante delas. Aprenda a influenciar positivamente e; “...assim brilhe também a vossa luz diante dos homens...”. Amém

 

licoes2019