..::Ministério da Reconciliação::..

Text size
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
Home Palavra do Pastor Palavra do Pastor A Culpa Humana e a Graça de Deus!

A Culpa Humana e a Graça de Deus!

E-mail Imprimir PDF

aparicio  

 

 

       

A Culpa Humana e a Graça de Deus!

Romanos 2:1-11

 

 


 

A culpa é responsável por grande parte do sofrimento humano. Ela pode ser objetiva ou subjetiva e faz parte da intimidade de vida de muitas pessoas. Converse com pessoas deprimidas, solitárias, angustiadas, membros de famílias violentas, alcoólatras, doentes terminais, pessoas que estão passando por crises conjugais ou qualquer outro tipo de problema, e você descobrirá que a culpa faz parte das dificuldades delas. O que quero lhe dizer é que você não é o único a sofrer com problemas relacionados à consciência. Mas, o que a Bíblia Sagrada fala sobre o tema e como podemos ajudar as pessoas a lidar com a culpa sem que esta gere sentimentos perniciosos e destrutivos? As Sagradas Escrituras falam de dois tipos de tristezas operadas pela consciência do erro que julgamos equivalente a culpa, são elas: a tristeza destrutiva ou condenatória que está relacionada ao mundo, e a tristeza construtiva que está relacionada à produzida em Deus e nos leva ao arrependimento e restauração – vide 2º Coríntios 7:8-10. O perdão divino é um dos temas principais da Bíblia, e embora algumas passagens o mencionem sem discutir o arrependimento, outras sugerem que pelo menos duas condições precisam ser satisfeitas para que Deus perdoe: o arrependimento e a disposição do pecador para perdoar. As causas da culpa são muitas, porém podemos citar as experiências passadas e as expectativas irreais, a inferioridade e a pressão social, o mau desenvolvimento da consciência e até as influências espirituais. A culpa pode gerar pensamentos defensivos, reações de auto-condenação, reações físicas, dor moral e até arrependimento e perdão. É bom lembrar que Deus não espera de nós a perfeição, mas sim a tentativa sincera de fazer a Sua vontade. O Deus compassivo também ama incondicionalmente e perdoará os nossos pecados sem exigir de nós expiação e penitência; isto é: “Cristo morreu, uma única vez, pelos pecados, o justo pelos injustos, para conduzir-vos a Deus – 1ª Pedro 3:18. O tratamento dos culpados, segundo a graça de Deus, deve ser acompanhado de aceitação e compreensão do estado destes e conduzi-los em direção ao perdão de Deus. Lembre-se que se a tua consciência te culpa, maior é Deus que a tua consciência e tem poder para te perdoar – vide 1ªJoão 3:20. Deus te abençoe

 

 

Luiz Carlos Aparicio

Teólogo, Professor, Pastor Presidente do Ministério Evangélico da Reconciliação

 

 

estudosbiblicos5