..::Ministério da Reconciliação::..

Text size
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
Home Palavra do Pastor Palavra do Pastor Tá Sangrando? Toca em Jesus!

Tá Sangrando? Toca em Jesus!

E-mail Imprimir PDF

aparicio  

Tá Sangrando? Toca em Jesus!

 

Marcos 5:26-34

Há muitas situações na vida que produzem ferimentos, sangramentos e feridas. Este fenômeno pode ocorrer em várias áreas da vida.

A medicina classifica a hemorragia ou sangramento em quatro classes que vão da leve à grave e ela produz uma série de alterações no sistema cardiovascular para compensar a circulação sanguínea.

Podemos classificar essas áreas da vida com sangramento como: espiritual, emocional e física.

A espiritual a mais importante do cristão pode sangrar a partir de certas frustrações. São expectativas na vida com Deus que não foram atendidas e por conta disso gerou um ferimento que trás prejuízos a nossa fé em Deus.

A emocional está relacionada às perdas no campo afetivo. Podem se localizar nas relações conjugais, nos diversos problemas sociais com os filhos ou até em perdas de um ente querido. Estas feridas emocionais acabam gerando vazios existenciais que são feridas difíceis de serem curadas.

A física pode ocorrer em razão das diversas doenças degenerativas que trazem prejuízos à motivação e desejo de enfrentar as adversidades da vida e que levam o paciente ao desânimo e a isolamento social.

Não sei precisar em que área ou áreas de sua vida você está enfrentando esta hemorragia. A Mulher citada no texto bíblico em destaque vivia este pesadelo há 12 anos, havia gastado todos os seus recursos na busca de uma solução para esta enfermidade, porém em cada tentativa ela sempre ficava pior.

Pode ser este o seu caso, e semelhante à mulher você tenha comprometido sua esperança, seus recursos e seu esforço na busca de uma solução que não veio, pelo contrário sua situação parece pior a cada dia.

Todo este cenário de eventos contrários à solução de um problema podem gerar: desesperança, incredulidade e desânimo.

Porém, aquela mulher ao ouvir sobre Jesus, superou seus traumas e decepções e mostrou fé, atitude e humildade para se expor e buscar a cura de sua alma.

As feridas da vida geralmente comprometem nosso estado de ânimo, nossa confiança e esperança.

Porém, o nome de Jesus é um encorajador que nos levam a superar as barreiras criadas pelos traumas e decepções da vida.

Se você semelhante à mulher do texto está sangrando, supere suas dificuldades e corra em direção a Cristo, toque-o com fé e com certeza que a ferida sarará e a hemorragia cessará. Deus te abençoe em nome de Jesus. Amém! 

 

 

Teólogo, Professor, Pastor Presidente do Ministério Evangélico da Reconciliação

 

Os conflitos na enfermidade e luto!

 

estudosbiblicos5