..::Ministério da Reconciliação::..

Text size
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
Home Últimos Tempos Envolvido com satanismo, empresário suspeito de matar o pai é investigado por outras 6 mortes. Assista

Envolvido com satanismo, empresário suspeito de matar o pai é investigado por outras 6 mortes. Assista

E-mail Imprimir PDF
satanismoO atual proprietário do restaurante Rei do Bacalhau, na Ilha do Governador, no Rio, Antônio Fernando da Silva, suspeito pela morte do pai adotivo, também é investigado por outras seis mortes. Ele foi preso por policiais da 16ª DP (Barra da Tijuca) na manhã desta quarta-feira (21), em sua casa, no mesmo bairro.

Segundo a polícia, ele teria encomendado as outras seis mortes para encobrir o crime e fraudes.

Os restaurantes de comida portuguesa Rei do Bacalhau são famosos no Rio. O português Plácido Nunes, de 75 anos, era o fundador e pai adotivo de Antônio Fernando. Ele apareceu morto estrangulado em casa há 3 anos. Antônio herdou o primeiro restaurante da rede.

No começo deste ano, o gerente do restaurante foi morto numa suposta tentativa de assalto. Ao investigar o caso, a polícia descobriu que a morte do gerente e de Plácido Nunes teriam sido encomendadas pela mesma pessoa.

Segundo as investigações, Antônio pagou a um homem para matar o pai. Mas depois começou a ser chantageado pelo criminoso. Ele então teria contratado outro criminoso para matar o primeiro assassino. Depois, ainda de acordo com a polícia, Antônio encomendou a morte de mais duas pessoas para quem ele contou ter matado o pai: o advogado dele e um pai de santo.

Meses depois também foi morto um policial que investigava o caso. Ainda de acordo com a polícia, Antônio também teria mandado matar um garçom e o gerente, que desconfiavam de desfalques no restaurante. Márcio Pereira dos Santos, acusado de assassinar o gerente também foi preso nesta quarta-feira (21). Márcio seria o responsável direto por três das mortes, a mando de Antônio. Ele é conhecido como Cachorro Louco, e foi surpreendido pelos policiais no Morro da Coreia, em Mesquita.

Depois de três anos de investigações, a polícia concluiu que Antônio foi o mandante dos crimes. Nesta quarta-feira, ele ia prestar depoimento sobre a morte do pai, para ajudar nas investigações. Agora está na posição de principal suspeito dos quatro homicídios qualificados.

Ao chegar na casa de Antônio, policiais ficaram impressionados com a quantidade de imagens relacionados a cultos satânicos, fotos em que ele aparecia vestido com indumentária de Exu, orixá africano, livros e imagens de magia negra no local. Em seu perfil no site de relacionamentos Orkut, Antônio colocou a frase “O destino decide quem você encontra na vida… suas atitudes decidem quem fica”.

Segundo as investigações, outras duas pessoas estão envolvidas, dentra elas um pistoleiro.

Assista a reportagem do Jornal Nacional (de 21/07/2010):

Fonte: O Verbo / G1 / O Globo / O Dia

 

estudosbiblicos5